Wings Gaming Um ano quase perfeito

PHL 2017-01-12 00:53:44

Criada há mais de dois anos, foi só em 2016 que a equipe Wings Gaming se consagrou como um dos grandes nomes no cenário do Dota 2 mundial após vencer o TI 6 e atualmente carrega com eles status de favoritos em qualquer campeonato que participarem, desbancando grandes nomes como Na’Vi, OG, Liquid e Newbee.

A história deste grande time iniciou em setembro de 2014, logo após o fim do The Internacional daquele ano, o capitão da antiga Speed Gaming , “y’Innocence”, partiu para uma nova jornada, com seu companheiro “Faith_bian”, também ex-jogador da Speed. A primeira formação da Wings, além dos dois citados acima, incluía os jogadores “JoyceChu”, “Yuki” e “That’s it”, que, após se desligarem da equipe ainda no mesmo ano de sua criação, nunca mais apareceram no cenário competitivo do Dota 2.

Em 2015 a Wings viveu um ano de muitas mudanças em sua line-up, contando inclusive com alguns fortes nomes do Dota 2 mundial e principalmente chinês, como os supports “super” e “inJuly”, que terminaram o ano de 2016 na IG Vitality , mas somente em agosto daquele ano, após várias trocas de integrantes, os jogadores atuais se reuniram formando um dos melhores times da atualidade. A Wings contratou novamente os jogadores “y’Innocence” e “Faith_bian”, trouxe também seus antigos companheiros da Speed Gaming, “bLink” e “Shadow”, e ainda contratou o até então desconhecido, “iceice”.

A equipe, após várias participações em pequenos campeonatos até abril de 2016, surpreendeu o cenário profissional e alcançou sua primeira grande conquista, vencendo a poderosa Team Liquid por 3x0 na final, levando US$ 100.000,00 pela conquista da ESL Manila. Apesar da excelente conquista, eles tiveram, na sequência, resultados abaixo da expectativa criada pela vitória anterior, não conseguindo sequer se classificar para as fases finais da ESL One Frankfurt, sendo eliminados de forma precoce no Manila Major pela equipe norte americana compLexity, além de alguns insucessos em outros campeonatos menores. Mas em julho de 2016, as “asas” dos jogadores chineses pareciam prontas para voos maiores. A equipe chinesa ficou em segundo na Nanyang Dota 2 Championships, perdendo as finais para então favorita Newbee, e ainda no mesmo mês foram vencedores do The Summit 5, vencendo a poderosa OG, alcançando assim seu segundo grande troféu.

Formação Wings Gamind - 2016 quase perfeito.

Em agosto o maior campeonato de Dota 2 teve seu inicio, a Wings Gaming, que havia conquistado sua vaga para o The Internacional 2016 nas qualificatórias chinesas, iniciou sua trajetória no campeonato contra a poderosa Evil Geniuses, campeã do TI 2015, enfrentando também as equipes OG, Alliance, TNC, Na’Vi, LGD Gaming e Escape Gaming, conquistando o terceiro lugar do grupo A, com oito partidas vitoriosas e seis derrotas. Após os três dias de disputas pela fase de grupos, a Wings enfrentou a Digital Chaos em seu primeiro confronto no evento principal pela Upper Bracket , vencendo a equipe americana por dois a um, com destaque para a derrota da equipe chinesa na segunda partida, quando decidiram arriscar com uma tática que todos torcedores clamam para assistirem em campeonatos profissionais, pudge usando seu hook para finalizar os oponentes nas minas do techies.

Após colocarem a Digital Chaos na Lower Bracket, a Wings venceu os confrontos contra a MVP Phoenix e contra a Evil Geniuses, com resultado de dois a zero nas duas disputas. Vale destacar a eficiências dos garotos da Wings que em nenhuma das quatro partidas precisou de mais de 40 minutos para vencer. A equipe chinesa estava realmente implacável nos picks e na execução de toda estratégia dos jogos e foi no dia 08 de agosto de 2016, que a Wings Gaming conseguiu sua maior conquista, tornando-se campeã do The Internacional 2016, vencendo novamente a Digital Chaos, que chegou na final pela chaves dos perdedores, com um resultado de três a um para a equipe chinesa, que mesmo perdendo o primeiro jogo, conseguiu manter suas brilhantes atuações durante as partidas.

O ano de 2016 da Wings Gaming poderia ter sido perfeito, pois o The Boston Major, o último grande campeonato de Dota 2 do ano, ocorreu em dezembro, mas a equipe chinesa, mesmo com status de favorita, teve seu desempenho bem inferior comparado aos campeonatos anteriores, após se classificarem em segundo no grupo A, a Wings enfrentou novamente a EG em seu primeiro e único confronto na fase principal e eliminatória do Major de Boston, sendo derrotados por duas partidas a zero. Apesar de ter perdido o último campeonato premier do ano, com certeza 2016 foi o melhor ano desde sua criação, colocando a equipe chinesa como uma das grandes organizações de Dota 2 mundial. Em 2017 os fãs da Wings Gaming torcerão incansavelmente para ver se a equipe chinesa continuará a alcançar grandes glórias, ou se todas conquistas de 2016, serão somente uma memória de um ano quase perfeito.

Notícias Recentes